Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/4388
Título: Qualidade fisiológica de sementes de mamona e gergelim provenientes de consórcio
Autor(es): Vasconcellos, Andreia
Palavras-chave: Sementes
Gergelim
Mamona
Oleaginosas
Data do documento: 17-Jul-2014
Resumo: O cultivo em consórcio é muito utilizado pelos produtores do semiárido, sendo suas sementes, na maioria, provenientes desse sistema de cultivo. Objetivou-se avaliar a qualidade fisiológica das sementes de mamoneira, cv. BRS Energia, e de gergelim, cv. BRS Seda, provenientes de consórcio. Os tratamentos foram representados por: a) mamoneira solteira; b) mamona+gergelim semeado 7 dias após a mamona; c) mamona+gergelim 14 dias após; d) mamona+gergelim 21 dias após e, e) gergelim isolado, com 4 repetições. Foram utilizados os seguintes espaçamentos: 1,0m x 0,5m (mamona isolada); 2,0m x 0,5m (mamona consorciada); 0,7m x 0,2m (gergelim isolado) e 2,0m x 0,5m (gergelim consorciado). O teste das sementes foi analisado conforme a metodologia das Regras para Análise de Sementes para a determinação da germinação, vigor (primeira contagem de germinação, índice de velocidade de germinação), peso seco de plântulas e peso de 100 sementes. Foram feitas análise de variância (teste F a 5%) e de regressão. A germinação, primeira contagem e o peso de 100 sementes da mamona apresentaram decréscimos até, em média, 10 dias de intervalo de plantio do gergelim, com tendências ao aumento após esse ponto. A germinação e vigor (primeira contagem, peso de 100 sementes, IVE) das sementes de gergelim decresceram linearmente á medida que aumentavam os intervalos de seu plantio em relação ao da mamona. Concluindo-se que: a germinação, primeira contagem e o peso de 100 sementes da mamona apresentaram decréscimos e a germinação e o vigor (primeira contagem de emergência das plântulas, peso de 100 sementes, índice de velocidade de emergência) das sementes de gergelim apresentaram uma tendência linear
Descrição: VASCONCELLOS, A. Qualidade fisiológica de sementes de mamona e gergelim provenientes de consórcio. 2012. 18f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) – Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, 2012. [Artigo]
URI: http://dspace.bc.uepb.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/4388
Aparece nas coleções:60 - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PDF - ANDREIA VASCONCELLOS_protected.pdfPDF - Andreia Vasconcellos505.11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.