Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/19168
Título: Pimenteiras malaguetas submetidas a água residuária tratada com diferentes lâminas de irrigação e doses de esterco bovino
Autor(es): Bezerra, Carlos Vailan de Castro
Palavras-chave: Pimenta malagueta
Lâmina de irrigação
Esterco bovino
Data do documento: 8-Jun-2017
Resumo: A escassez hídrica no semiárido limita a expansão agricola e socioeconomica. O reuso de água na irrigação torna-se uma opção para ser aplicada na agricultura. Nesse contexto, objetivou-se com este trabalho estudar as pimenteiras malaguetas (Capsicum frutescens) submetidas a diferentes lâminas de irrigação com água residuária tratada e doses de esterco bovino. Foram estudados dois fatores: Doses de esterco bovino: D1 (0% de esterco e 100% solo), D2 (10% esterco e 90% solo), D3 (20% esterco e 80% solo), D4 (30% esterco e 70% solo), D5 (40% esterco e 60% solo) e D6 (50% esterco e 50% solo), em base de volume e Lâminas de irrigação baseado na necessidade hídrica (NH) da cultura: 100% NH (L1), 75% NH (L2) e 50% NH (L3). Os dados foram submetidos no software SISVAR 5.6 em um esquema fatorial 3x6+1, resultando em 18 tratamentos, em blocos casualizados com 3 repetições e 2 plantas por repetição. Avaliando-se: altura de planta (AP), diâmetro de caule (DC) e número de folhas (NF), em épocas fenológicas distintas. Dentre os resultados obtidos evidencia a influência do esterco bovino na composição do substrato em todas as épocas de avaliação. A dose D6 na variável altura da planta aos 45 DAS obteve média de 16,7 cm, com 70 DAS resultou média de 40 cm, a avaliação aos 120 DAS a média foi de 45 cm. Na variável diâmetro do caule a dose D6 obteve aos 45 DAS médias entorno de 5 mm, aos 75 DAS as médias ficaram próximas a 10 mm, e aos 120 DAS as médias foram próximas a 13 mm. Na variável número de folhas a dose D6 ainda obteve médias superiores aos demais doses, sendo aos 45 DAS com médias maior que 20 folhas por planta, já aos 75 DAS a média de número de folhas ficou próxima a 90 folhas já aos 120 DAS a média passou de 200 folhas por planta. E a quantidade de água aplicada na irrigação que proporciona suprimento adequado da necessidade hídrica da cultura foi a necessidade hídrica de 50% na fase de maturação, e na fase de maturação sendo recomendada a necessidade hídrica de 75% proporcionando uma melhor eficiência no reúso da água
Descrição: BEZERRA, C. V. de Castro. Pimenteiras malaguetas submetidas a água residuária tratada com diferentes lâminas de irrigação e doses de esterco bovino. 2017. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) – Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, 2017.
URI: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/19168
Aparece nas coleções:60 - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PDF - Carlos Vailan de Castro Bezerra_protected.pdfPDF - Carlos Vailan de Castro Bezerra.pdf965.06 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.