Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/2111
Título: Produtividade e análise da rentabilidade do consórcio da mamona com amendoim no semiárido paraibano
Autor(es): Dutra, Wellison Filgueiras
Palavras-chave: Irrigação
Plantio
Produção agrícola
Data do documento: 3-Out-2013
Resumo: O plantio consorciado é uma prática agrícola importante nas regiões tropicais, sendo utilizado, na maioria das vezes, por pequenos e médios agricultores, para a produção de culturas alimentares anuais, entretanto, devido à insuficiência ou má distribuição das chuvas, muitas vezes, torna-se impossível a exploração agrícola econômica sem o uso da irrigação nessas regiões. Nesse sentido, objetivou-se com esse trabalho avaliar a produtividade, os custos e a rentabilidade do consórcio mamona com amendoim, sob condições irrigadas no Semiárido paraibano, com o intuito de subsidiar a agricultura familiar. O estudo foi realizado na área experimental do Setor de Fruticultura e Ecofisiologia Vegetal, Campus IV, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no município de Catolé do Rocha, PB. O período de estudo foi de junho a dezembro de 2011, envolvendo as culturas de mamona ‘BRS Energia’ e amendoim ‘BR-1’, em sistemas consorciados e isolados. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso com quatro repetições e oito tratamentos, sendo: T1 – Mamona solteira no espaçamento de 2,0 m x 0,5 m; T2 – Amendoim solteiro no espaçamento de 2,0 m x 0,2 m; T3 – Amendoim solteiro no espaçamento de 1,0 m x 0,2 m; T4 – Consórcio mamona e amendoim semeado no mesmo dia; T5 – Consórcio mamona e amendoim semeado 10 dias após a mamona (M + A10); T6 – Consórcio mamona e amendoim, este semeado 15 dias após (M + A15); T7 – Consórcio mamona e amendoim semeado 20 dias após (M + A20); T8 – Consórcio mamona e amendoim, este semeado 25 dias após (M + A25). As variáveis analisadas foram produtividade das culturas solteiras e consorciadas, custos de produção e rentabilidade. Quando se comparou o cultivo da mamona em diferentes sistemas de plantio, se isolada ou consorciada com amendoim, verificou-se diferença estatística na produtividade da oleaginosa quando consorciada com amendoim. Os resultados mostram uma queda no rendimento do amendoim em sistema de consórcio quando comparada ao sistema solteiro. Existe viabilidade econômica do consórcio da mamona com amendoim, sendo mais efetivo quando o amendoim é cultivado entre 15 e 20 dias depois da mamona. O consórcio mamona com amendoim deve ser semeado com intervalo de 15 a 20 dias entre as culturas, por proporcionar melhores rendimentos, seguido de melhor retorno econômico.
Descrição: DUTRA, W. F. Produtividade e análise da rentabilidade do consórcio da mamona com amendoim no semiárido paraibano. 2012. 63f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura plena em Ciências Agrárias)- Universidade Estadual da Paraíba, Catolé do Rocha, 2012.
URI: http://dspace.bc.uepb.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/2111
Aparece nas coleções:62 - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PDF - Wellison Filgueiras Dutra.pdf1.87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.