Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/23857
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSilva, Laysa Leite da-
dc.date.accessioned2021-06-16T18:16:43Z-
dc.date.available2021-06-16T18:16:43Z-
dc.date.issued2020-06-03-
dc.identifier.issn616.8527-
dc.identifier.urihttp://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/23857-
dc.descriptionSILVA, L. L. da. Melancolia, depressão e suicídio na obra: "A redoma de vidro" de Sylvia Plath: uma leitura psicanalítica. 2021. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras Português) - Universidade Estadual da Paraíba, Catolé do Rocha, 2021.pt_BR
dc.description.abstractEste estudo tem como objetivo fazer uma analise sobre como a literatura, por meio da empatia e da catarse, reflete todo o sofrimento psíquico humano. Trata-se da exploração do romance “A redoma de vidro” (2019) da escritora americana Sylvia Plath sob a luz dos estudos psicanalistas visando compreender de que maneira o drama experienciado pela protagonista da narrativa, Esther, reflete o sofrimento humano diante da depressão e suicídio. O interesse por esta categoria analítica se deve ao desejo de examinar a maneira como a depressão e os dramas da psique são tratados na obra por meio dos relatos da protagonista fazendo, assim, uma ponte entre a história e a doença na atualidade, a qual já desponta como um dos mais graves problemas de saúde pública em todo o mundo. O método de pesquisa elencado foi o bibliográfico para o qual foram utilizados os contributos teórico-metodológicos de autores como: Carvalho (2003); Freud (1980); Saska (2016); Solomon (2018); Schopenhauer (2001), dentre outros estudiosos cujas obras abordam conceitos e particularidades pertinentes à condução desta análise literária. Constatou-se que a obra dialoga com a vida pessoal da autora que sofrera de depressão e acabara por suicidar-se ainda na juventude. Ainda, observa-se que há uma forte relação entre “A redoma de vidro” e a psicanálise tendo em vista que o drama explicitado na narrativa traz à tona a discussão em torno do sofrimento decorrente das desordens mentais, sobretudo da depressão e da forma como a piora do quadro pode prejudicar a qualidade de vida do paciente levando-o, por vezes, a cometer suicídio.pt_BR
dc.description.sponsorshipOrientador: Prof. Me. Fábio Pereira Figueirêdopt_BR
dc.language.isootherpt_BR
dc.subjectDepressãopt_BR
dc.subjectPsicanálisept_BR
dc.subjectSofrimentopt_BR
dc.subjectSuicídiopt_BR
dc.titleMelancolia, depressão e suicídio na obra: "A redoma de vidro" de Sylvia Plath: uma leitura psicanalíticapt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Aparece nas coleções:61 - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC LAYSA LEITE DA SILVA.pdfPDF - Laysa Leite da Silva772.41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Termo_de_Deposito_TCC (Laysa).pdfTermo de depósito153.2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.